Edutainment: projeto ensina programação a jovens e crianças

Projeto de crowdfunding permite contribuir para a divulgação do projeto, baseado no conceito de edutainment

Você sabe o que é edutainment? É a prática de gerar interesse em temas escolares e acadêmicos por meio do entretenimento.

 

A modalidade começa a ganhar espaço ao redor do mundo, como maneira de atrair o interesse dos jovens por algo que nem sempre consegue atraí-los: os estudos.

 

Atualmente, uma grande dificuldade é gerar interesse dos jovens de aprenderem conhecimento que a princípio parece não ser tão relevantes para eles no momento, mas que está intrínseco em sua formação no médio e longo prazo. É o caso da matemática, e como exemplo mais atual, a lógica de programação.

 

O que tem ocorrido é a dificuldade de se ter conteúdo educacional ou uma metodologia para promover esta inserção do conhecimento no dia-a-dia dos jovens.

 

Muitas aulas de informática que são oferecidas em escolas do fundamental I e II, tanto do ensino público quanto do privado, acabam não tendo esta finalidade.

 

Apenas promovem o uso do computador e de aplicativos específicos. E isto, basicamente, nos dias atuais acaba desestimulando os alunos em sala de aula e associando este conhecimento a uma atividade meramente de usuário e não de promoção da forma de raciocinar.

 

Para buscar trabalhar melhor este tema junto aos jovens, dezenas de personalidades do mundo se uniram para criar um projeto para ensinar conceitos de programação de uma forma simples e divertida. O projeto chama-se a Hora do Código. A motivação do projeto é simples: hoje em dia, praticamente tudo que está à nossa volta tem algum software. Independente de ser ou não um software, a lógica de compreender programação é fundamental para o desenvolvimento de um raciocínio lógico e criativo, pois envolve buscar soluções para problemas reais.

 

Aqui no Brasil, ainda existem poucas iniciativas para promover o projeto, contudo uma das mais criativas se propõe a despertar o interesse de jovens de 9 a 13 anos por meio do aumento dos estímulos baseado no conceito de Edutainment (Envolvimento, Imersão e Interação) para melhorar a qualidade da transferência do conhecimento. Para isto, será utilizando um kit que possui um robozinho que se movimenta, emite som, aciona luzes e interage com outros sensores usando uma interface amigável. Esta interface é baseada na plataforma Scratch  desenvolvida pelo MIT (Massachusetts Institute of Technology). Esse kit também possui apostilas com atividades para ajudar os usuários nos primeiros passos do aprendizado de lógica de programação e tópicos de matemática.

 

A iniciativa está sendo promovida por um grupo de voluntários da área de computação. Entre eles, o Prof. Neto e a Profa. Lucy Mari da faculdade IBTA, a Profa. Junia Anacleto da UFSCar e o Prof. Luiz Martins da UNIFESP.  O Professor Neto comenta que atualmente, o grupo está com uma campanha para arrecadação de fundos na plataforma de crowdfunding Kickante para promover 20 oficinas para os jovens se envolverem com o tema de lógica de programação e matemática. A proposta é alcançar nestas oficinas mais de duas mil pessoas. Sendo a meta, atingir cinquenta porcento de público de ambos os sexos.

 

Para aqueles que querem ajudar na divulgação ou mesmo contribuir com a causa. Pode acessar o link da campanha que é: http://www.kickante.com.br/campanhas/kit-robotico-para-hora-do-codigo

 

LEIA MAIS:

As 10 redes sociais mais usadas pelos brasileiros

Conheça algumas funções escondidas no seu iPhone

Operadoras lançam campanha sobre internet móvel






ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS