Bancos brasileiros conseguem ser transparentes para o cliente?

Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) lançou um estudo sobre Transparência e Responsabilização do Setor Financeiro

A pesquisa avaliou 47 bancos em sete países sob dois grandes aspectos: Transparência e Prestação de Contas e Impostos e Corrupção.

No Brasil, os bancos pesquisados foram Itaú, Santander, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal e HSBC. Instituições financeiras da Bélgica, França, Indonésia, Japão, Holanda e Suécia também foram avaliadas e compõem o relatório de mais de 120 páginas.

No Brasil, o estudo foi realizado pelo Idec e classificou os bancos em três categorias: líderes, seguidores e retardatários.

Nos outros seis países, o estudo foi feito por organizações que compõem a rede Fair Finance Guide International. A análise brasileira concluiu que, embora nenhuma das instituições pesquisadas tenha avançado em suas políticas de Transparência e Prestação de Contas ao ponto de serem consideradas líderes neste quesito, há uma tendência de melhoria, visto que Itaú, Santander, Banco do Brasil e Bradesco obtiveram pontuação que os coloca na categoria de seguidores, enquanto que apenas duas, Caixa Econômica Federal e HSBC, permaneceram como retardatárias.

Veja a pontuação e os principais pontos abordados pelo estudo:

bancos pesquisa idec

 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS