Inadimplência do consumidor fica estável em junho

Indicador variou 0,3% em relação ao mês anterior, mas na comparação anual a alta foi de 1,2%

O índice de inadimplência do consumidor beirou a estabilidade em junho de 2015 e variou apenas 0,3% na comparação com o mês anterior, na avaliação da série com ajuste sazonal. Na comparação com junho de 2014, o aumento foi de 1,2%.

Os dados são da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

De acordo com o levantamento, no acumulado em 12 meses (se comparando com o período proporcional anterior), a inadimplência subiu 1,5%.

Veja os detalhes no gráfico:

Boa vista imagem

Para a instituição, mesmo com a piora de diversos indicadores macroeconômicos nos últimos meses, o consumidor se mantém cauteloso. Por isso o indicador de inadimplência não tem apresentado deterioração. Assim, a Boa Vista estima que o Indicador de Inadimplência do Consumidor encerre 2015 com crescimento de cerca de 3%.

Considerando somente o varejo, a avaliação mensal dessazonalizada apresentou elevação de 1,9% no resultado nacional. Com exceção do Sudeste, onde o índice subiu 5,3%, nas outras regiões do País houve queda: 2,9% no Nordeste, 2,4% no Centro-Oeste, 2,1% no Sul e 1,3% no Norte.

Leia mais

Índice de inadimplência do consumidor sobe 4,8%

Índice de inadimplência do consumidor sobe 2,7%

Inadimplência do consumidor cresce 1,8% em abril




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS