Via Varejo reforça móveis nas Casas Bahia

Projeto-piloto com ambientes decorados já foi expandido para quase 60 pontos de venda no País

A Via Varejo, principal varejista brasileira de móveis e eletroeletrônicos, vem ampliando seu projeto de revitalização das lojas Casas Bahia, dando impulso à venda de móveis, categoria de produtos com margem mais elevada que os eletrônicos, em um momento de forte queda nas vendas. No segundo trimestre do ano, as vendas da Via Varejo recuaram 21,7% na comparação anual, para R$ 4,32 bilhões, com queda de 23,5% em mesmas lojas.

No final do ano passado, a empresa iniciou um projeto-piloto com ambientes domésticos decorados, simulando ambientes reais, em sete lojas. A nova forma de apresentação dos produtos resultou em um aumento de 20 pontos porcentuais nas vendas de móveis nas unidades piloto entre novembro e janeiro, enquanto nas demais lojas a alta havia sido de cinco pontos. A informação foi dada pelo diretor de móveis da Via Varejo, André Caio, à agência Reuters.

Com isso, o GPA, controlador da Via Varejo, decidiu ampliar o modelo para todas as quase 700 lojas da Casas Bahia no País. No primeiro semestre, 59 pontos de venda passaram a contar com o novo conceito, que também está sendo testado na bandeira Ponto Frio.

Leia mais:
A hora da eficiência

Via Varejo oferecerá móveis planejados

Pontofrio inaugura loja premium 4D




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS