Aumenta 16,4% o número de consumidores devedores

Valor médio de dívidas não bancárias, como cartões de créditos e de lojas, cresceu 24,6% no ano de 2015, segundo o SErasa

A inadimplência do consumidor subiu 16,4% no primeiro semestre de 2015, em comparação com o mesmo período do ano passado. O resultado de junho de 2015, em relação a maio, registrou alta de 5,9%, conforme dados divulgados ontem, 20, pela Serasa Experian.

De janeiro a junho, o valor médio das dívidas não bancárias ? cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia, energia elétrica, e água ? cresceu 24,6% no primeiro semestre do ano, na comparação com o mesmo período de 2014.

Já os valores médios das dívidas com cheques sem fundos e da inadimplência com os bancos cresceram 10,9% e 0,9%, respectivamente. O valor médio dos títulos protestados caiu 3,3%.

?O crescimento significativo da inadimplência do consumidor no primeiro semestre deste ano pode ser explicado pelas altas da inflação, que corrói o poder de compra dos consumidores; das taxas de juros, que encarecem as dívidas, e do desemprego, que faz o trabalhador perder sua principal fonte de renda?, diz nota da Serasa.

Fonte: Agência Brasil.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS