Cliente: corpo vivo da marca transitando pela loja

Estratégia na criação de lojas contemporâneas e sua aplicabilidade ao novo consumidor. O que é uma loja com esse conceito?

Como criar uma loja contemporânea e o que diferencia essa loja das outras, além da mudança do consumidor? Beth Furtado, da Alia consultoria de marketing e Elio Silva, diretor de operações da C&A, responderam a essa questão durante o segundo dia de BR Week.

?Hoje as lojas precisam refletir a alma do consumidor e da empresa, nos últimos vinte anos passamos de vender produtos a serviços e experiências, nao é mais possível pensar apenas pelo prisma da beleza, ela nao reflete mais a necessidade do varejo de muita competição?, explica Beth.

Mas, afinal, o que é a tal loja comtemporânea?

Beth Furtado afirma que é preciso que a loja que permita descobertas, despadronização,  inserir novidades a cada loja. ?Não adianta ter novos patamares de relacionamento, que tem a ver com todas as manifestações da marca, cuidam de tudo, mas esquecem das pessoas, que são a marca em movimento, a marca transitando pela loja?, explica Beth.

Para Elio, além de ter uma visão do que é moderno, é preciso um senso de realidade muito grande pra encaixar no seu negócio.

 

Tendências e experiência

 

As tendências, de acordo com Beth, significam entender comportamentos do passado e futuro. ?Não temos bola de cristal, mas sim ferramentas que permitem ver movimentos e mudanças desse consumidor?.

 

?A experiência contemporanea requer conexão com as pessoas, tentar entender os sinais de ocorrências futuras, isso é tendência, para que isso possa se desdobrar e criar novas inserções de elementos. O consumidor nao retrocede, por isso o serivço precisará melhorar muito?.

?Experiência em loja deve ser única e proprietária?, diz Elio, que pontua as principais características de uma loja contemporânea:

 

1. Não existe conceito one-size-fits-all

2. Num mundo digital, a loja é o campo dos sonhos

 

3. Arquitetos e designers traduzem sua essência, não criam essência

 

4. Store design não salva proposta de valor ruim




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS