Sonae Sierra lucra 65,9% mais no trimestre

Vendas nos shopping centers da empresa chegam a R$ 1,15 bilhão e vacância fica em 2%

A Sonae Sierra Brasil, uma das principais empresas de shopping centers do País, fechou o segundo trimestre do ano com um aumento de 65,9% em seus lucros líquidos na comparação com o mesmo período de 2014, para R$ 69,5 milhões. Os 10 empreendimentos da companhia somaram vendas de R$ 1,15 bilhão, com alta de 5,5% na comparação anual.

A receita operacional líquida (NOI) subiu 2,3% no trimestre, para R$ 75,9 milhões, com a maturação dos shoppings mais novos e reajustes dos contratos de aluguel. Considerando mesmas lojas, houve alta de 8,4% nos contratos, muito acima do crescimento das vendas (2,1% em mesmas lojas, por conta do cenário adverso da economia). Nos últimos 12 meses, a empresa praticamente não aumentou sua Área Bruta Locável (alta de 0,4% na comparação anual). A taxa de ocupação nos shoppings subiu 1,2 ponto porcentual, para 95,7%, chegando a 98% nos centros de compras maduros.

Entre os pontos de atenção no balanço da empresa estão a queda de 0,8% nas vendas por metro quadrado, para R$ 976,70 por mês; a leve alta nos custos de ocupação, que responderam por 9,5% das vendas (0,1 p.p. acima do mesmo período de 2014); e, principalmente, o índice de pagamentos em atraso (25 dias), que saltou de 3,2% para 4,2%.

Em seu relatório ao mercado, a Sonae Sierra Brasil destacou o cenário adverso, que impactou fortemente o desempenho da empresa, mas disse que mesmo assim a companhia ?continuou a demonstrar resiliência, atestada por alguns de seus principais indicadores operacionais e financeiros?. A empresa acredita estar bem posicionada para aproveitar oportunidades de crescimento que possam surgir em um cenário de mercado cheio de incertezas.

Leia mais:
Sonae Sierra lucra 27,8% mais

Shopping lança projeto de experiência digital

Shopping investe em concierge via WhatsApp




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS