Consumidor não ficará sem celular que está no conserto

Comissão de Constituição e de Justiça da Câmara aprova empréstimo de celular nos casos de consertos

Projeto de lei que garante ao consumidor o empréstimo de um celular durante o período em que deixar o seu aparelho na assistência técnica autorizada foi aprovado, hoje (12), pela Comissão de Constituição e de Justiça (CCJ) da Câmara, em caráter conclusivo.

Com isso, o projeto será encaminhado diretamente à apreciação do Senado, caso não seja apresentado recurso por, no mínimo 51 deputados, para deliberação da matéria no plenário da Câmara. O texto aprovado estabelece que o aparelho a ser emprestado deverá, no mínimo, fazer e receber chamada e enviar mensagens.

Em outra votação, os deputados da CCJ aprovaram projeto do Senado que transfere do Banco Central (BC) para o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) a competência de fiscalizar e punir medidas do sistema financeiro lesivas à ordem econômica e à concorrência.

O Cade terá 60 dias para avaliar os atos de concentração bancária como fusões, aquisições e incorporações. Se não o fizer, eles serão considerados aprovados. Caberá ao BC, a avaliação das situações que envolvam riscos à confiabilidade e à segurança do sistema financeiro. O texto precisa ser ainda votado pelo plenário da Câmara.

* Com informações da Agência Brasil

 

LEIA MAIS:

Como a crise afeta o consumo dos brasileiros?

Por que nos tornamos dependentes de celular e redes sociais?

WhatsApp: nova versão mais econômica para chamadas de voz

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS