82 milhões de adultos brasileiros têm sobrepeso

Pesquisa do IBGE divulgada nesta sexta também mostra que mais de 20% da população do país está obesa

Por: - 4 anos atrás

Mais da metade da população adulta no país estava acima do peso em 2013, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o estudo, 56,9% das pessoas ? mais de 82 milhões ? estavam com sobrepeso, incluindo aí os 20,8% de brasileiros obesos. O problema é maior entre as pessoas do sexo feminino. Enquanto 55,6% dos homens pesam mais do que deveriam, entre as mulheres o índice chega a 58,2%.

A parcela de mulheres com obesidade também é maior do que a observada entre indivíduos do sexo masculino. Segundo a pesquisa, 24,4% das brasileiras estão obesas. Entre os homens, o problema atinge 16,8% da população.

Os dados mostram que houve um avanço alarmante da porcentagem da população com obesidade em uma década. Entre as mulheres de 20 anos ou mais, 14% estavam nessa situação em 2003, segundo a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF). Já em 2013, a PNS verificou que 25,2% das brasileiras a partir de 20 anos estavam obesas. O problema também se agravou entre os homens: os índices foram de 9,3% para 17,5%.

?Esta é a primeira vez que podemos ver um salto tão grande no aumento de peso entre mulheres, por meio da PNS. A diferença de gordura abdominal delas em relação a dos homens também é muito grande, mais que o dobro. O acúmulo de gordura atingiu 52,1% delas, e 21,8% deles?, destacou Helena Oliveira da Cruz Monteiro, técnica do IBGE, ao jornal o Globo.

Na faixa etária que vai dos 35 aos 44 anos, 63,6% das mulheres têm sobrepeso. Entre os homens, a taxa também é alta: 62,3%. Em todas as faixas etárias acima dessa, a porcentagem de brasileiras com sobrepeso supera a do sexo oposto, sendo que, entre 55 e 64 anos, 71,4% das mulheres apresentam esse problema.

Entre os mais jovens, as taxas são menores, embora representativas: dos 18 aos 24 anos, 32,1% das mulheres, e 33,4% dos homens estavam acima do peso.

Fonte: Jornal O Globo.