Convênio estimula franquias em favelas

Convênio entre ABF-Rio e AgeRio oferece mais de R$ 1,5 milhão para incentivar empreendedorismo

A ABF-Rio e a Agência Estadual de Fomento (AgeRio) firmam hoje um convênio para emissão de cartas de crédito até R$ 15 mil para o financiamento de franquias em comunidades pacificadas do Rio de Janeiro.

A iniciativa tem o objetivo de estimular a abertura de novas franquias ou a expansão de marcas já existentes nessas regiões. Números do Instituto Data Favela mostram que cerca de 12 milhões de pessoas moram em favelas no Brasil, somando um potencial de consumo de R$ 64 bilhões, e 40% dessa população tem como sonho abrir um negócio. Somente na Rocinha, estima-se que haja 12 mil negócios em funcionamento.

?O franchising é uma ótima porta de entrada para o empreendedor iniciante, pois oferece um negócio formatado, uma marca conhecida, capacitação e troca de experiências?, afirma Beto Filho, presidente da ABF-Rio. ?Queremos desenvolver a economia local e incentivar a profissionalização dos negócios nas comunidades?, completa.

Inicialmente o convênio oferece R$ 1,5 milhão para o desenvolvimento dos negócios, a uma taxa de juros de 3% ao ano. O interessado deve ter fiador ou aval e a operação é realizada mediante análise de crédito do tomador e da viabilidade do negócio. As marcas devem ter seu produto formatado e convênio assinado com a AgeRio.

Leia mais:
Sebrae libera R$ 25 milhões para Bradesco

Exportações de orgânicos sobem 14 vezes em 10 anos

Sebrae cria movimento para incentivar pequenos negócios




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS