Vendas de smartphones caem 13% no 2º tri

Segundo estudo da IDC Brasil, recuos têm se intensificado e expectativa é de queda de 8% em 2015

As vendas de smartphones caíram 13% no segundo trimestre deste ano, na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, segundo estudo da IDC Brasil divulgado hoje (9).

Ao todo, foram vendidos 11,3 milhões de aparelhos – foram 86 celulares por minuto. O volume não foi suficiente para evitar a queda, que tem acontecido trimestre a trimestre.

Considerando os celulares mais básicos, os feature phones, o levantamento mostra que houve queda de 78% nas vendas no período, com 936.725 aparelhos comercializados.

Com o resultado, os próximos trimestres podem continuar apresentando números ruins. Segundo o instituto, apenas a Black Friday e o Natal podem dar algum fôlego ao mercado. Se o dólar continuar alto, um novo repasse de preços pode acontecer nos próximos meses.

Com isso, o instituto calcula que 50 milhões de smartphones sejam vendidos até o fim de 2015 – volume 8% menor do que aquele comercializado em 2014. Já o mercado total, somando feature e smartphone, deve cair 24%.

Para Leonardo Munin, analista de pesquisas da IDC Brasil, a inflação, confiança e desemprego em baixa pioram os índices de venda dos aparelhos.

Apesar do recuo nas vendas, a receita caiu apenas 7%. “Isso mostra que o consumidor brasileiro não está mais tão sensível aos preços e compra produtos mais caros também. As fabricantes estão investindo e colocando aparelhos cada vez melhores no mercado”, disse o especialista, em nota.

Leia mais

Fluxo nos shoppings cai 3,3%

Confiança dos empresários do comércio cai 4,6%

Tentativas de fraudes caem 3,7%

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS