Dívidas: você conhece as taxas do cartão de crédito?

A ferramenta é a maior responsável pela inadimplência do consumidor

Às vezes, o cartão de crédito parece até milagre: mesmo sem dinheiro em mãos, o consumidor pode comprar tudo o que desejar, certo? Bem, não necessariamente. Se essa compra não for pensada e as parcelas planejadas, a possibilidade de contrair uma dívida imensa é muito grande. Para evitar problemas, é importante que o consumidor conheça algumas informações antes de usar o cartão, especialmente sobre suas taxas de juros e anuidade.

A inadimplência em relação ao cartão de crédito, além do problema de educação financeira, também pode ter outras causas. Segundo a economista do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), Ione Amorim, a inadimplência explica-se tanto pelas altas taxas de juros quanto pelo incentivo que os bancos dão ao uso dessa modalidade de crédito.

?Nas pesquisas que o Idec está fazendo este ano com seis bancos, constatamos que cinco deles enviaram cartão de crédito sem solicitação e três recusaram empréstimo pessoal, que tem taxa de juros bem mais baixas, no valor de R$ 300, mas liberaram limites altos de crédito no cartão?, relata a economista. Para ela, há incentivo das instituições financeiras a essas modalidades de crédito. E o resultado disso é que o consumidor compromete sua renda excessivamente e não consegue pagar suas dívidas.

Um levantamento feito pelo instituto verificou, por exemplo, que o custo da anuidade de cartão de crédito subiu até 188% entre agosto de 2014 e de 2015. Além das anuidades, a pesquisa também comparou os reajustes nas taxas de juros dos cartões de crédito de janeiro ? quando a taxa média praticada pelas instituições bancárias passou a ser informada pelo Banco Central ? a julho deste ano e verificou aumento de até 42%.
Segundo dados do Banco Central, em julho, o rotativo do cartão de crédito era a modalidade com pior índice de inadimplência efetiva: 37%, seguida do cheque especial 14% e aquisição de outros bens 9,9%.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS