56 milhões compram dos pequenos negócios

Movimento do Sebrae contabiliza adesão de mais de 184 mil empresas

Nesta segunda-feira, 5 de outubro, 56,2 milhões de pessoas compraram de micro e pequenas empresas em todo o Brasil, afirma o Sebrae. Os dados apontam também que 88,2 milhões declararam que o Movimento incentiva a compra em pequenos negócios.

Ao todo, mais de 184 mil empresas aderiram ao Movimento Compre do Pequeno Negócio, iniciativa do Sebrae para transformar o Dia da Micro e Pequena Empresa em uma data de mobilização para o consumo de produtos e serviços de pequenos negócios e, assim, movimentar a economia. O site desenvolvido especialmente para a iniciativa (www.compredopequeno.com.br) continuará no ar, para receber novas adesões.

As redes sociais também tiveram importante participação na mobilização ? a fanpage do Movimento somou quase 219 mil seguidores. O hotsite Compre do Pequeno Negócio recebeu mais de 6,4 milhões de visualizações em 60 dias. A página do Facebook do Movimento com publicações diárias alcançou mais de 97 milhões de pessoas.

?Este foi o primeiro ano do Movimento, mas ele será permanente. Queremos que se transforme em uma data simbólica para o varejo. Em apenas dois meses, desde que lançamos a ação, a adesão foi muito positiva. Os números devem crescer à medida que o Compre do Pequeno seja abraçado pela sociedade?, comemora em nota o presidente do Sebrae, Luiz Barretto.

Atendimento é mais importante que o preço
A pesquisa realizada no site do Movimento Compre do Pequeno Negócio com mais de 33 mil pessoas entre clientes e donos de pequenos comércios e serviços em todo o Brasil apontou que o bom atendimento, a qualidade e a variedade do produto são variáveis mais importantes na hora da compra.

Embora o preço tenha importância na decisão de compra do consumidor, ele não foi a principal resposta. Em primeiro lugar, o consumidor apontou o bom atendimento como fator preponderante na hora de escolher um estabelecimento. E, nesse ponto, o dono do pequeno negócio conhece seus clientes porque, segundo a pesquisa, metade deles é da vizinhança.
Desta forma, 37% dos donos de pequenos negócios afirma manter algum tipo de relacionamento com o cliente após a venda, seja pessoalmente ou por e-mail, telefone e redes sociais, e 36% entregam em domicílio.

O consumidor quer ter o que precisa
Logo depois, na preferência do consumidor, está a qualidade no produto ou no serviço que adquire, o que mostra a importância do empresário se preparar, melhorar os processos e oferecer mercadorias e serviços de alto nível. Entre as motivações para a compra, o consumidor aponta como importante ?ter o que ele precisa?, o que é mais uma vantagem para o pequeno negócio, já que 45% deles estudam o perfil dos clientes para oferecer produtos e serviços mais adequados.

Leia mais:

Sebrae cria movimento para incentivar pequenos negócios

40% dos centros comerciais são pequenas empresas

Hoje é dia de comprar do pequeno negócio




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS