São Paulo terá fazendas orgânicas em cima de prédios em 2016

Mais próximas dos consumidores, as fazendas prometem gerar maior acessibilidade e economia

Por: - 3 anos atrás

 
A tendência de criação de fazendas urbanas é uma maneira mais barata e sustentável de possibilitar que alimentos orgânicos cheguem à mesa dos consumidores. O modelo já foi adotado nos Estados Unidos, Europa e na Ásia ? e promete chegar com tudo no Brasil em 2016.

A proposta é simples: utilizar terraços de hotéis e centros comerciais da capital paulista para plantar e colher alimentos hidropônicos. Assim, frutas e verduras podem ser plantadas bem pertinho da feira ou do supermercado. A iniciativa é da empresa suíça Urban Farmers, que pretende levar alimentos sem agrotóxico ou desperdício direto para o consumidor. A mesma água utilizada para as plantas também é usada para criar peixes por meio de um processo conhecido como aquaponia.

?Na natureza, não existe o conceito de desperdício. Tudo é reciclado. Tentamos usar esse conceito. Hoje, quando você olha para o lado econômico, 80% é desperdício. Estamos tentando mudar isso ao produzir ultralocalmente?, conta Roman Gaus, fundador e presidente do Urban Farmers.

A empresa já está buscando edifícios em São Paulo para começar as operações no próximo ano.

Fonte: Hypeness.