A reinvenção da cultura consumista

Quando conteúdo se combina com experiência cultural para antecipar tendências

Por: - 4 anos atrás

Por Jacques Meir* – diretamente de Barcelona – especial para o Consumidor Moderno Experience Summit 2015

Este ano, o Consumidor Moderno Experience Summit desembarcou em Barcelona, Espanha. O evento acontece anualmente e tem como objetivo combinar workshops de conteúdo altamente estratégico com experiências de interação e envolvimento com elementos culturais de cada cidade-sede (o evento é itinerante, com sedes diferentes a cada ano).

O grupo de participantes foi recepcionado hoje, na capital da Catalunha, uma das cidades mais vibrantes e criativas da Europa. Barcelona, reinventada há pouco mais de 20 anos, tendo como marco os Jogos Olímpicos de 1992, é dessas cidades preciosas, onde tradição e modernidade unem-se para proporcionar um ambiente extremamente surpreendente, caloroso, alegre e intenso para cidadãos e turistas. Uma cidade onde as manifestações culturais e artísticas estão no ar. Até as famosas lojas de quinquilharias que existem em cada cidade turística são incríveis.

SagradaFamilia

Templo Expiatório da Sagrada Família, obra de Antoni Gaudi, obra inacabada do autor,
com conclusão prevista para 1926, ano do centenário da morte do artista. O passado que aponta para o futuro.

As influências de Gaudi, Dali, Miró e Picasso, bem como das tradições e do nacionalismo catalão combinam-se de forma muito particular. O espaço público é esplendidamente organizado. A distribuição de modais – automóveis, táxis, bicicletas, ônibus e metrô – é impecável. Sem contar as calçadas, os passeios públicos que convidam todos a andar quadras e quadras pela cidade, sem destino que não seja descobrir cada pequena rua ou ideia arquitetônica ou então ver-se deslumbrado pelas marcas do gênio de Gaudi – na Casa Batló ou na Igreja da Sagrada Família, ainda em obras (há quase um século), monumental pela beleza e pela proposta radicalmente moderna.

Por que fazer o Summit em Barcelona? Justamente porque, neste ano, o evento propõe-se a equipar os participantes com conhecimento e instrumentos para analisar e reconhecer megatendências que irão moldar o futuro. Entender os elementos e manifestações culturais é essencial para antecipar essas tendências e assegurar uma leitura mais completa em cenários cada vez mais complexos.

TorreAgbar

Vista da Torre Agbar

 

Barcelona, pelas suas características é o espaço ideal para perceber como diversos pequenos movimentos combinam-se para formar e sinalizar tendências aqui e ali. Um caldeirão de força cultural e comportamental sem similar no mundo atual, um microcosmo quase experimental para estudar o futuro. Não por acaso, Barcelona reinventou o conceito de cultura consumista. Tudo o que se consome aqui tem a presença de elementos culturais muito evidentes. Azeites e chocolates artesanais, da região, elementos decorativos em uma infinidade de artigos, todos evocando os artistas da região, a cor, o estilo arquitetônico, a culinária, a necessidade de experimentar o novo sobre o tradicional.

Sustentabilidade, demografia, consumo consciente, globalização e identificação com a cultura local são características muito evidentes na dinâmica desta cidade única. Que o Consumidor Moderno Experience Summit possa extrair dessa força urbana ideias e conceitos poderosos para permitir a elaboração de um cenário de renovação e de inovação. Há o que aprender aqui. E há o que aplicar desse aprendizado no futuro, com um olhar generoso para o país e para tornar nossos negócios menos áridos. É hora de propor novos modelos mentais e de gestão mais adequados para um mundo em mudança.

CidadeVelha

Cidade Velha, bairro gótico – movimentação intensa de cidadãos e turistas. Nova perspectiva de cultura de consumo

*Jacques Meir é Diretor de Conhecimento e Plataformas de Conteúdo do Grupo Padrão.