Um centro de prática

Quando educação e inovação andam juntas (e, óbvio, dá certo!)

Parece óbvio, mas é inusitado que a inovação possa começar junto à educação. E foi justamente assim que nasceu o Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (CESAR), um centro privado de inovação, sem fins lucrativos. A instituição foi fundada por professores do centro de informática da Universidade de Pernambuco ? que já era reconhecido por sua excelência.

?Os professores pensaram em formar uma organização que pudesse fomentar o sistema de tecnologia da informação de Pernambuco e, assim, fomentar a economia?, conta Eduardo Peixoto, executivo-chefe de negócios. Em 19 anos, a instituição foi ampliada, com um modelo de negócio que se concentrou em solucionar problemas para, com tecnologia emergente, da universidade, resolvê-los de forma inovadora.

Algum tempo depois, percebeu-se que seria importante também se especializar em educação. ?Desenhamos e credenciamos dois mestrados em ciência da computação e design. Os alunos têm uma interação enorme com o mercado?, conta Peixoto. A prova disso é que já foram feitos, por lá, diversos trabalhos com empresas como a Fiat, por exemplo. O caso mais recente, nesse sentido, foi a criação do Lev, o leitor digital da Livraria Saraiva. ?A TI que oferecemos é alavancadora de negócios, que modifica o produto e a estratégia?, conclui.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS