Varejo representa 7,5% das tentativas de fraude

Ao todo, ocorreu uma tentativa de fraude a cada 16 segundos no País em agosto

Em agosto ocorreu uma tentativa de fraude a cada 16 segundos, segundo indicador divulgado hoje (26) pela Serasa Experian. Ao todo foram 12.622 tentativas de fraudes contra o consumidor no mês – sendo que o varejo representou 7,5% dessas investidas.

O percentual representa 12.622 tentativas de fraude – uma queda em relação ao percentual observado em agosto de 2014 (7,9%).

O setor de telefonia, por sua vez, respondeu por 40,5% do total de tentativas de fraude realizadas, aumento em relação aos 35,3% registrados pelo setor no mesmo mês de 2014.

Leia também
Números que importam: veja indicadores da semana

Já o setor de serviços ? que inclui construtoras, imobiliárias, seguradoras e serviços em geral (salões de beleza, pacotes turísticos etc.) ? teve 50.880 registros, equivalente a 30,4% do total. No mesmo período no ano passado, este setor respondeu por 33,1% das ocorrências.

O setor bancário foi o terceiro do ranking em agosto, com 33.903 tentativas, 20,3% do total. No mesmo mês de 2014, o setor respondeu por 21,9% dos casos.

No geral, ocorreram 167.395 tentativas de fraude conhecida como roubo de identidade, em que dados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios sob falsidade ideológica ou mesmo obter crédito com a intenção de não honrar os pagamentos. Em relação a julho de 2015, houve queda de 3,9%. Em relação a agosto de 2014, houve queda de 4,8%.

De acordo com economistas da Serasa Experian, apesar do recuo, a quantidade de tentativas de fraude se mantém num patamar alto, uma vez que a queda está relacionada com a retração da economia neste ano de 2015, que vem desestimulando as pessoas a realizarem mais e novos negócios, diminuindo a quantidade de eventos e de alvos potenciais à atuação dos fraudadores.

Leia também
Confiança do consumidor de SP cai 23,4% 






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS