Invista no atendimento sem esquecer da empatia

Sistemas de ponta não são capazes de compensar uma grosseria, segundo CEO

Quando falamos em atendimento ao consumidor, logo pensamos em automatização, mobile, geolocalização, e tecnologias que podem otimizar os processos.

Nos últimos anos, tivemos uma grande evolução nos sistemas disponibilizados no mercado, e os consumidores sentiram essa diferença no dia a dia. Porém, ao focar tanto na tecnologia, as empresas não devem se esquecer de um fator fundamental: o treinamento e orientação dos funcionários para atender os clientes.

De nada adianta ter os melhores sistemas se o operador não tem empatia e trata com grosseria o consumidor. Esse é o principio básico do atendimento, mas mesmo assim algumas empresas ainda esquecem que o funcionário deve receber a atenção e o treinamento adequados para efetuar um trabalho de qualidade.

Sabemos que lidar com o consumidor é um trabalho muitas vezes estressante. Somos seres humanos, e mesmo o melhor profissional pode passar por momentos ruins, descontando alguma raiva ou frustração no consumidor que não tem nada a ver com a situação. Mas, a sua empresa pode tomar atitudes para que isso não aconteça com frequência.

Feedbacks, premiações ou até mesmo uma simples conversa podem ajudar o seu funcionário a dar os melhores resultados e ser um profissional melhor. Sem colaboradores capacitados, de nada adianta o investimento em tecnologia.

Aliando boas ferramentas tecnológicas com a empatia da sua equipe, o atendimento da sua empresa sempre será lembrado pela simpatia e agilidade! Invista em ações internas e veja os resultados em todos os lados!

*Albert Deweik é CEO da NeoAssist, empresa especializada em soluções de atendimento ao cliente






MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS Prêmio Consumidor Moderno

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS