Inovação como ampliação de receita

De que maneira inovar pode ser vantajoso para empresas e clientes?

Por: - 4 anos atrás

Em mais um debate interessante do Conarec 2015, executivos de grandes empresas comentam sobre inovação. Desta vez, de que modo elas podem mudar os rumos financeiros de uma empresa.

Roberto Leoncini, vice-presidente de Marketing e Vendas Caminhões e Ônibus Brasil – Mercedes-Benz do Brasil comenta sobre como a empresa vem inovando, especialmente em um segmento tão tradicional quanto ônibus e caminhões. ?Nossa maior inovação é entender qual é a necessidade do cliente e voltar para ele com uma solução?, diz Leoncini.

Eugênio Liberatori Velasques, diretor-executivo da Bradesco Seguros, e Claudio Bergamo, CEO da Hypermarcas, relatam como as duas empresas, em seus segmentos, começaram inovadoras ou criaram uma inovação no modelo de negócio. ?O mercado segurador é muito rígido, em termos de inovação?, comenta Velasques, antes de revelar a inovação da Bradesco Seguros. ?Temos uma troca de experiências entre um lado mais científico com um mais voltado ao consumidor?, diz Bergamo, sobre estar atento às necessidades do cliente.

É por este caminho também que vai a Atento. ?Contact Center é uma central de contatos, não é mais só voz. Inovar vai por aí. O consumidor está indo para o digital, a gente tem que acompanhar?, comenta Nelson Armbrust, diretor geral da Atento Brasil. Sérgio Gordilho, copresidente da Africa, também concorda. ?Hoje, há uma necessidade de entender se estamos conseguindo atingir o consumidor, porque nossa relação com ele mudou?, afirma.

Confira mais detalhes no vídeo da palestra Inovação como ampliação de receita, mediada pelo jornalista e âncora do Bom dia São Paulo, Rodrigo Bocardi.