Planta brasileira pode ser a cura para asma

Em meio a diversos tratamentos ineficazes, a Milona parece apontar a solução para este problema

 
Nativa do semiárido, a Milona está sob análise de pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) há mais de 30 anos, no Instituto de Pesquisa em Fármacos e Medicamentos, conhecido como Hiperfarma. ?A Milona é capaz de regenerar os tecidos pulmonares. Ela age nos sintomas para desinflamar e a pessoa pode até deixar de ser asmático?, contou Rui Macedo, diretor do Hiperfarma.

A curiosidade de interesse científico surgiu devido ao uso popular da raiz da planta, consumida por moradores da região do interior da Paraíba, como tratamento da asma e outras doenças respiratórias.

O extrato da Milona já foi testado em animais, como determina a Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, e os resultados mostraram que a planta foi eficaz não só em tratar os pacientes com asma, mas também no combate às úlceras gástricas e depressão.  
A planta começará a ser testada em forma de xarope para as crianças e em cápsulas para os adultos, para finalmente ser vendida nas farmácias.

?Já é algo que a medicina popular utiliza para tratar doenças, então a gente já sabe se tem uso farmacêutico. Com isso, o tempo da pesquisa será reduzido em comparação com os sintéticos?, comenta Rui.

*Via Hypeness. 
 
 






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS