Conhece as diferenças entre os calendários solares, lunares e lunisolares?

No mundo, existem cerca de 40 calendários em uso, mas todos estão classificados nessas três categorias. Conheças cada uma delas

No mundo todo temos cerca de 40 calendários em uso, porém, esses tipos podem ser classificados em apenas três categorias: calendários solares, lunares e lunisolares.

O Site de Curiosidades fez um breve resumo desses modelos. Vamos a eles:

Calendários Solares ? São aqueles que têm como base o movimento da Terra em torno do Sol (translação). Nesse tipo de calendário os meses não têm conexão com o movimento da Lua. Um exemplo disso é o Calendário Cristão. Esse é o modelo que utilizamos no ocidente. Ele surgiu graças às populações agrícolas, e marca um dia a cada volta da Terra em torno de si própria (24 horas), e marca um ano a cada volta da Terra ao redor do Sol (365 dias).

Calendários Lunares ? São aqueles que têm como base o movimento da Lua. Nesse tipo de calendário não existe conexão com o movimento da Terra em torno do Sol. Um exemplo é o calendário Islâmico, que tem uma sequência de meses baseada nas fases da Lua. O calendário lunar teve origem com os povos nômades. Segundo esse tipo de calendário, o dia começa no pôr-do-sol. Durante o ano, são contadas 12 lunações, de 29 dias e 12 horas cada. No fim de um ano, temos 354 ou 355 dias. A diferença de 11 dias entre o calendário lunar e o solar é acertada com a inclusão de um mês extra no ano.

Calendários Lunisolares ? basicamente é uma mistura entre os calendários lunar e solar.São aqueles que têm como base o movimento da Terra em torno do Sol e também o movimento da Lua em torno da Terra. Nesse calendário, os anos estão relacionados com o movimento da Terra em torno do Sol, e os meses têm relação com o movimento da Lua em torno da Terra. Um exemplo é o calendário Hebreu.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Quanto custa abrir uma franquia de varejo no Brasil?

Home office é tendência de trabalho para 2020: veja 5 dicas

“Parasita”: Pessoas, baratas, parasitas e a diluição da identidade

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

Quais são as tendências para 2020. Veja a lista

VEJA MAIS