Crescem as tentativas de fraude no varejo

Setor concentrou 8,2% das investidas em outubro, mas teve quem tenha sofrido mais. Veja

Em outubro, o varejo concentrou 8,2% das tentativas de fraudes no País, segundo dados da Serasa Experian divulgados hoje (8). O porcentual representa um crescimento na comparação com setembro, quando o varejo representou 7,5% das tentativas de fraude. Em outubro do ano passado, o porcentual era de 7,3%.

Ao todo, o setor teve 12.608 tentativas de roubo de identidade, quando os criminosos usam a identidade dos consumidores para cometer crimes, como cotnratar crédito em nome do consumidor com a intenção de não pagar.

Leia também
Números que importam: veja indicadores da semana

O setor de telefonia respondeu por 42,1% do total de tentativas de fraude realizadas. Já o setor de serviços, que inclui construtoras, imobiliárias, seguradoras e serviços em geral, representou 30,7% do total. O setor bancário foi o terceiro do ranking, com 17,5% do total.

Considerando todos os segmentos, outubro registrou 154.193 tentativas de fraude. O número representa uma tentativa de fraude a cada 17,4 segundos no País.

Em relação a setembro de 2015, quando o indicador apontou 160.381 tentativas de fraude, houve queda de 3,9%. Em relação a outubro de 2014, o recuo foi ainda maior, de 18,3%. No acumulado do ano, foram registradas 1.635.380 tentativas de fraude, queda de 3,5% na comparação com o mesmo período de 2014, quando o número era de 1.695.181.

Leia também
Varejo responde por 7,5% das tentativas de fraudes






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS