Loja de moda para gestantes abre flagship

Megadose completa 20 de anos de mercado abrindo a primeira loja própria em São Paulo. Confira

Tempo de leitura: 2 minutos

10 de dezembro de 2015

stockphoto mania/ Shutterstock

Há 20 anos no mercado, a Megadose tem um foco em um mercado ainda pouco comum no Brasil: mulheres com barrigão. Com mais de 1000 pontos de vendas em multimarcas espalhadas pelo Brasil, a marca espera que o mercado de grávidas ajude a marca a atingir um faturamento perto dos R$ 38 milhões neste ano. A previsão é de que a marca atinja em torno de 1.500 lojas multimarcas. Mas não é só isso. Como parte da estratégia de crescimento, a empresa inaugurou uma flagship na região dos Jardins, em São Paulo.

Além disso, a proposta também é diversificar canais: a empresa quer iniciar uma proposta de franquias. O conceito da marca, bem como da loja conceito, é fazer o público entender que uma mulher grávida também pode estar na moda. Para dar suporte ao plano de expansão, a empresa tem uma fábrica em Cianorte, no Paraná, que produz cerca de 30 mil peças por mês.

Leia também
Loungerie quer crescer com franquias

João Ricardo Esteves, CEO da Megadose: “A ideia é trazer uma experiência para a gestante, para ela se sentir plena”

?Nossa principal proposta é aperfeiçoar a silhueta da gestante, uma mulher em uma fase que não tem sido valorizada pela indústria de moda?, afirma João Ricardo Esteves, CEO da empresa. A loja em São Paulo é a primeira própria da marca. ?A loja veio pra coroar nossa proposta, mostrar uma nova maneira de a gestante se vestir. A ideia é trazer uma experiência para a gestante, para ela se sentir plena. É uma nova percepção sobre a moda gestante no Brasil?, avalia.

Na loja, uma primeira coisa que se vê é o grande sofá que imita as curvas de uma gestante. Com conceito clean, o ponto de venda também conta com um provador que simula uma passarela. ?O principal foco é que ao entrar na loja ela esqueça toda a cultura negativa que o mundo traz pra ela: de que ela tem de ficar em casa e se vestir mal?, afirma Esteves. ?A ideia é renovar a elevar a autoestima dela?.

Leia também
Reserva abre loja com barbearia, games e cerveja




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS