8 Livros essenciais para empreender

Confira obras que podem fazer a diferença nos negócios da sua empresa

Startups surgem diariamente, mas por que algumas têm vida longa enquanto outras não completam sequer o primeiro ano de vida? Se você pensa que a sua empresa já produz todo lucro que é capaz e não há mais como minimizar custos, prepare-se para um verdadeiro momento de revelação. Veja a seguir oito obras que trazem insights inspiradores para qualquer empreendedor.

Leia também:
4 Frentes para aumentar o ROI no Brasil 

1. Dobre seus lucros (Editora Agir)
Nesta obra baseada na análise de mais de 100 das 500 maiores empresas norte-americanas selecionadas pela revista Fortune, Bob Fifer apresenta maneiras de reduzir desperdícios , motivar vendedores, lidar com fornecedores e alavancar sua produtividade sem perder o cliente.

2. Empreendedor Viável (Editora Leya Brasil)
O jornalista Carlos Matos e o publicitário André Telles acreditam que o segredo por trás do sucesso das empresas no século XXI se encontra nas pessoas por trás das ideias. Neste livro os autores revelam o conjunto de variáveis capazes de definir o sucesso de uma startup, que vão desde a seleção da equipe até a confiança na apresentação para investidores.

3. O Investidor Inteligente (Editora Nova Fronteira)
Considerado a bíblia do mercado de ações, O Investidor Inteligente introduziu o conceito de ?valor de investimento?, protegendo investidores de erros expressivos na hora de aplicar o capital. Escrito por Benjamin Graham, o maior consultor de investimentos do século XX, sua primeira edição foi publicada em 1949.

4. Investidor Anjo ? Guia Prático Para Empreendedores e Investidores (Editora NVersos)
Um passo a passo sobre como obter e efetivar o investimento-anjo, além de apresentar modelos e melhores práticas. No livro, Cássio Spina, fundador da Anjos do Brasil, mostra como o investimento-anjo tem um papel fundamental na sociedade por fomentar e apoiar o empreendedorismo na criação de novas empresas (as startups), empregos e tecnologia. Um guia essencial destinado a aventureiros desse mundo inovador e crescente das startups, incubadoras e aceleradoras. Aproveite as grandes oportunidades que estão surgindo com a revolução do mundo dos negócios pela qual estamos passando.

Leia também:
E-mail marketing: o certo, o errado e o feio  

5. O Poder do Hábito (Editora Objetiva)
Por que fazemos o que fazemos na vida e nos negócios? Com base na leitura de centenas de artigos acadêmicos, entrevistas com mais de trezentos cientistas e executivos, além de pesquisas realizadas em dezenas de empresas, o repórter investigativo do New York Times Charles Duhigg elabora, em O poder do hábito, um argumento animador: a chave para se exercitar regularmente, perder peso, educar bem os filhos, se tornar uma pessoa mais produtiva, criar empresas revolucionárias e ter sucesso é entender como os hábitos funcionam. Transformá-los pode gerar bilhões e significar a diferença entre fracasso e sucesso, vida e morte.

6.#VQD (Editora Penguin)
A obra de Joaquim Castanheira traz a trajetória de dez empreendedores que estão transformando o Brasil com seus negócios. As histórias são comentadas por menores que acompanharam de perto seus desafios durante a jornada de cada um deles, além da capacidade de resolver problemas sociais. Em Vai Que Dá!, encontramos empreendedores com um poder enorme em comum: o de inspirar e motivar aqueles que desejam encontrar seus próprios caminhos.

7. Varejo e Brasil: Reflexões Estratégicas (Editora Gouvêa de Souza)
Consumidores digitalizados, diversidade de formatos, canais e fronteiras fluidas entre segmentos e mercados, desafiam cada vez mais as empresas de varejo. Diante de tantas variáveis, o ?pensar simples? se torna uma questão de suma importância. Com esse propósito Alberto Serrentino, fundador da Varese Retail, boutique de estratégia de varejo, escreveu o livro Varejo e Brasil: Reflexões Estratégicas. A obra analisa o comportamento do mercado varejista nacional nas últimas duas décadas, com intuito de ajudar empresas a pensar estrategicamente de maneira simples em ambiente complexo.

8. Abilio (Editora Primeira Pessoa)
Reconstruindo-se em todas as adversidades, sejam pessoais, familiares, de negócios ou macroeconômicas, Abilio Diniz sempre volta mais forte e melhor do que antes. Brigas (com parentes ou sócios) e crises (do país, do setor ou de seu negócio) só o levaram a tornar sua empresa cada vez mais competitiva e estrategicamente diferenciada. Ele fez isso com o Grupo Pão de Açúcar, com a BRF e agora está fazendo com o Carrefour.

Leia também:
Projeções para 2016 (Infográfico) 

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS