4 dicas para curtir o sol sem culpa

Cuidados com a pele são fundamentais para evitar dor de cabeça no futuro

Por: - 4 anos atrás

 
Férias, sol, calor e mar. Combinação que, certamente, garante um fim de ano perfeito. No entanto, é preciso lembrar de alguns cuidados necessários nesta época do ano.

?Muito se fala de proteção solar e imediatamente associamos aos produtos com esse nome que compramos nas farmácias e perfumarias. E é ótimo que eles existam! Há 30 anos, apenas estavam começando a ser comercializados com uma cosmética horrível?, comenta a dermatologista Alicia Mabel Duarte. Ela apresenta quatro dicas valiosas para aproveitar os dias de verão sem prejuízos.

1. É sempre bom prestar atenção aos horários mais seguros para exposição ao sol: antes das 10 da manhã e depois das 4 da tarde.

2. É bom apostar no uso de chapéu ou boné. ?Além dos confeccionados com tecido comum temos os realizados com tecido especial com proteção UV (raios ultravioletas)?, enfatiza Alicia.

3. Roupas leves para usar na praia: cangas, camisas, vestidos, lembrando-se de proteger as regiões mais expostas e/ou mais sensíveis, como ombros e colo. Estes produtos também podem ser usados em tecidos comuns ou, melhor ainda, nos tecidos tecnológicos com proteção UV.
4. E finalmente, voltando aos produtos protetores solares que se aplicam na pele: a tecnologia evoluiu muito e, conforme explica a dermatologista, hoje não tem desculpa para não usar um bom filtro solar. ?Atualmente a cosmética de quase todos eles é excelente e existe uma ampla variedade para todos os tipos de pele.

Para usar na face com pele oleosa deve-se usar um toque seco ou oil control. Para peles maduras pode usar protetor solar anti aging. Para quem gosta de maquiagem tem para usar protetor solar com base. Para aplicar no corpo deve ser uma loção que espalhe fácil?, lembra Alicia.

Ela lembra que é muito importante a aplicação uniforme em toda a superfície corporal e repetir a cada vez que sai da água ou a cada 2 horas. O FPS (fator de proteção solar) não deve ser menor do que 30 e, dependendo do tipo de pele ou dos problemas que a pessoa tem, deve ser mais alto. É ideal procurar um dermatologista que vai poder determinar com mais precisão. ?Nas regiões expostas como rosto, colo e mãos, o filtro solar deve ser usado todos os dias do ano?, diz.

 
Por que vale a pena fazer tudo isso para se proteger?

Basicamente por duas razões: uma imediata e outra a longo prazo. ?A primeira seria evitar as queimaduras solares que causam sofrimento e estragam as férias. A segunda, para evitar o dano solar crônico que inclui manchas, envelhecimento precoce da pele, queratoses actínicas e câncer de pele?, justifica Alicia.

 
*Via Consumidor Moderno.