OLX movimenta R$ 70 bi em 2015

A cada dois segundos, um produto é vendido na plataforma, segundo relatório da marca

Em 2015, a plataforma de classificados online gratuitos OLX movimentou R$ 70 bilhões em transações de compra e venda de produtos usados no mercado brasileiro. O número representa mais de 1% do PIB nacional registrado em 2014, e mostra que o setor de usados tem um impacto expressivo na economia.

De acordo com o relatório de resultados da empresa referente ao ano, 80 milhões de novos anúncios foram postados na plataforma durante o período, o que representa um crescimento de 60% e uma média de três novos anúncios por segundo. A OLX calcula que a cada dois segundos, um item anunciado foi vendido.

Ainda segundo a OLX, as cinco subcategorias de produtos mais vendidos no ano passado por meio de anúncios na plataforma foram: Celulares e Telefonia (1º lugar), Carros (2º), Móveis (3º), Eletrodomésticos (4º) e Videogames (5º). Já sobre palavras mais buscadas na OLX, em primeiro lugar aparece Gol (na categoria Carros), seguida por iPhone (na categoria de Celulares e Telefonia) e Geladeira (na categoria de Eletrodomésticos).

?A exemplo do que já aconteceu nos Estados Unidos e em países da Europa, os brasileiros estão começando a incorporar a cultura de compra e venda de usados?, afirmou em nota Andries Oudshoorn, CEO da OLX Brasil.

E acrescentou: ?Isso porque, as pessoas começam a perceber que possuem verdadeiras fortunas em produtos sem uso dentro de casa, os quais podem ser vendidos, não só gerando um retorno financeiro, mas permitindo realizar projetos e objetivos, ao mesmo tempo em que representam uma postura de consumo sustentável, ao ampliar o ciclo de vida dos produtos.? 

Segundo Oudshoorn, o cenário de desaceleração da economia brasileira tem sido um dos fatores responsáveis pela aceleração no crescimento de uso da OLX, que hoje contabiliza cerca de 13 bilhões de anúncios ativos, mais de 43 milhões de usuários únicos mensais e 3 bilhões de pageviews por mês.






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS