Aprenda a descartar objetos cortantes de maneira simples

Ninguém sabe como descartar um objeto cortante melhor do que aqueles que o recolhem. Sim, os garis

Na página Garis do Rio de Janeiro em Luta eles explicaram a maneira correta para descartarmos vidro, lâmpadas incandescentes e outros objetos cortantes. Além disso, afirmam que as lâmpadas fluorescentes devem ser entregues nas lojas em que foram compradas, não parar em aterros sanitários. Isso porque o mercúrio, componente químico presente no produto, é altamente tóxico.
Eles contam, ainda, que o maior problema acontece quando a substância é inalada, o que pode causar problemas neurológicos e até hidrargirismo (intoxicação que causa tosse, dispneia, dores no peito e outros problemas mais graves).

Na questão ambiental, quando o mercúrio é despejado de maneira irregular em rios, por exemplo, ele volatiza e passa para a atmosfera, causando prováveis chuvas contaminadas. Pode acontecer também de micro-organismos absorverem o mercúrio, tornando-o orgânico em vez de metálico. Animais aquáticos e plantas podem reter o mercúrio e assim contaminar o meio ambiente sem que exista chance de erradicação.

Para descartar os objetos da maneira correta basta fazer um corte no fundo de uma garrafa pet (não precisa ser 360º), introduzir o objeto e depois passar uma fita adesiva no corte. Confira na imagem abaixo como fazer. 

descarte-corret-vidros-2

*Com informações da fan page Garis do rio de Janeiro em Luta. 






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS