Educação financeira na periferia

Toda criança tem direito à educação de qualidade, esteja onde estiver, independentemente da classe social

Por: - 4 anos atrás

Um assunto de grande preocupação é a educação de nossas crianças, em especial daquelas que são de família menos abastada. Dentro desse assunto, um tema que vem chamando a atenção ? não só de escolas, mas de grandes empresas ? é a educação financeira.

Prova disso é que nós da DSOP Educação financeira nos tornamos parceira num projeto global de educação financeira da Vila Sésamo: ?Sonhar, Planejar, Alcançar: Fortalecimento Financeiro para Famílias?.

A iniciativa é grande e será realizada em 34 escolas públicas de São Paulo, Belo Horizonte e Recife, inicialmente. A proposta é promover a milhares de crianças, entre 3 a 6 anos, e às suas famílias mudanças positivas no comportamento financeiro, buscando mostrar a importância de saber priorizar e poupar para realizar os sonhos.

Por que é importante?

Sabemos que crianças e jovens são um público fortemente exposto ao mundo do consumo, e pior, sem nenhum preparo. Por isso, é imprescindível que eles aprendam a lidar adequadamente com o dinheiro, realizando sonhos e combatendo vários problemas pelos quais atravessam ? até mesmo a criminalidade.

Nascido por conta do atual contexto socioeconômico mundial, o projeto está sendo colocado em prática por meio de palestras, atividades, eventos e oficinas, que já se iniciaram. Essa é uma iniciativa da MetLife, que, em parceria com a DSOP Educação Financeira, leva educação financeira para crianças, educadores e famílias ao redor do mundo, por meio de escolas públicas formais e espaços de educação não formais.

O programa conta com os personagens da Vila Sésamo na intenção de promover uma mudança positiva de comportamento de longa duração em crianças e seus familiares em relação ao empoderamento financeiro, contribuindo para um projeto que já existe no país: a Estratégia Nacional de Educação Financeira (ENEF).
***
Reinaldo Domingos é educador financeiro, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira e autor do best-seller Terapia Financeira e da primeira Coleção Didática de Educação Financeira do Brasil.