Apetite de consumo aumenta em SP

Em fevereiro, intenção de compra sobe 4,1% e atinge o melhor resultado desde julho de 2015

Foto: Melissa Lulio

A intenção das famílias paulistas por consumir aumentou 4,1% em fevereiro, em relação a janeiro, e atingiu 71,3 pontos – o melhor patamar desde julho de 2015, segundo informou hoje (26) a FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo).

O Índice de Consumo das Famílias varia de zero a 200 pontos, sendo que abaixo de 100 pontos significa insatisfação e acima de 100 pontos representa satisfação em relação às condições de consumo.

Leia também
Confiança do consumidor melhora em fevereiro

Apesar do aumento do apetite das famílias em relação a janeiro, quando o indicador é comparado com o patamar de fevereiro de 2015, houve forte queda na intenção de consumo, de 34,1%.

De acordo com a Federação, “a elevação do salário mínimo neste início de ano pode ter ajudado a avaliação dos paulistanos a respeito da sua renda, mas não o suficiente para alterar o quadro no qual a maioria ainda considera que a renda familiar está pior agora do que no ano passado”.

Considerando os itens apurados pela Federação para mensurar o indicador, seis dos sete itens ficaram na zona negativa. Apenas o índice de Perspectiva profissional ficou acima dos 100 pontos e ultrapassou o nível de insafistação. O item Acesso ao crédito foi o único item que registrou queda em fevereir, de 3,5%, em relação ao mês anterior.

Leia também
Mais brasileiros compram em sites internacionais






ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS