Ovo de chocolate deve ficar mais caro nesta Páscoa

Apesar de aumento no preço, vendas de chocolate em geral devem crescer. Entenda

Em 2016, a Páscoa não deverá ser tão doce para os brasileiros. Segundo um levantamento feito pela Associação Paulista de Supermercados (Apas), os preços dos ovos de chocolate devem ter reajustes em torno de 15%.

Leia também:
Vendas dos supermercados devem cair na Páscoa 

Para Rodrigo Mariano, gerente de Economia e Pesquisa da APAS, os custos de produção dos chocolates e ovos de Páscoa foram impactados por diversos fatores, entre eles: a variação do dólar, o aumento no preço do açúcar ao longo dos últimos meses, a alta do custo de mão de obra e o aumento no preço da energia elétrica e dos combustíveis.

?Diante deste cenário, a indústria busca estratégias para ajudar nas vendas, e uma delas é a produção de ovos menores, reduzindo o preço do produto e os tornando acessíveis?, disse em nota o porta-voz da entidade. De acordo com Mariano, além dos chocolates, o setor supermercadista observa, também neste período de Páscoa, aumento na venda dos pescados (em especial o bacalhau), vinhos, azeites, entre outros. A Colomba Pascal é outro produto de destaque, que também é um dos itens de preferência do consumidor.

Leia também:
Vendas de supermercados em SP caem 1,39% em 2015 

A indústria de alimentos vem aumentando o mix de produtos ofertados nesta época do ano e, consequentemente, o consumidor tem experimentado cada vez mais estes itens. ?Com os produtos 15% mais caros, os supermercados terão que negociar ainda mais com os fornecedores para manter os preços em patamares estáveis de um ano para o outro?, enfatizou o executivo.

Rodrigo destaca que o setor supermercadista negocia exaustivamente com os fornecedores para conseguir preços menores nos itens de Páscoa e busca sempre as melhores condições para os consumidores, considerando variedade de produtos, qualidade e preços atrativos.

Leia também:
Pessimismo aflige supermercados em SP 






ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS