O que ninguém conta sobre o aumento da expectativa de vida

Será que você está preparado para viver até os 80 anos, com saúde, disposição e maior poder de compra?

Por: - 4 anos atrás

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a expectativa de vida subiu de 62,6 anos, em 1980, para 75,2 anos, em 2014, uma diferença de 12,6 anos.

O problema é: como lidar com uma aposentadoria que começa, em média, aos 53 anos? Será que as empresas, indústrias e a sociedade estão preparadas para receber o idoso como colaborador, consumidor e usuário ativo de smartphone?

“Esse é um desafio que teremos que nos acostumar cada vez mais. Existe um movimento bastante forte de toda sociedade para construir uma legislação e serviços específicos para esse público”, comenta Michel Alcoforado, sócio e fundador da Consumoteca e colunista da Consumidor Moderno.

O fato é que esse aumento da expectativa de vida levará os seniores para o mercado de trabalho, para as lojas, internet. Isso porque o idoso de amanhã não é como seu avô – se é que ele não tem uma conta no Facebook ou não curta fotos no Instagram.

O acesso à informação fará de você um possível idoso ativo, inquieto, com conhecimento e energia para continuar “na ativa” mesmo depois de 35, 40 anos de trabalho. “No momento em que nós estivermos velhos, ser ‘velho’ terá outro significado em relação a trabalho, consumo, produtos e serviços”, afirma Alcoforado.

Foi pensando nisso que a DMV Comunicação, uma agência de publicidade especializada em shoppings centers, lançou uma vaga de Estagiário Sênior. Sabe qual é o requisito? Experiência de vida!

Abaixo você confere a chamada para o posto, que foi divulgada no LinkedIn.

 

estagiario-senior-longevidade