O problema dos planos de saúde? O “segurês”!

Um dos grandes abismos entre empresas e clientes é uma comunicação mais clara. Essa é a opinião e uma das frentes de atuação da nova presidente da FenaSaúde, Solange Beatriz

pathdoc/ Shutterstock

Os problemas decorrentes da ausência de uma comunicação clara entre empresas e planos de saúde no Brasil são alguns dos principais motivos para a série de reclamações e, consequentemente, a judicialização da saúde que assolam o setor no país.

A conclusão é de Solange Beatriz, recém-empossada presidente da FenaSaúde. Na semana do Dia Mundial do Consumidor, ela e outros representantes do setor de seguros e dos planos de saúde falaram sobre esse e outros temas em um evento no Rio de Janeiro (16 de março), que ainda contou com a participação de representantes do governo, tais como a secretária nacional do direito do consumidor, Juliana Pereira.

Segundo ela, a comunicação entre cliente e empresa não anda boa e precisa de alguns ajustes. Para isso, é preciso aprimorar o diálogo de quem vende e quem compra esses serviços. “Embora eu reconheça o ‘segurês’, eu não vejo o como um grande problema. O problema é a falta de comunicação, como acontece agora”, afirmou Solange.

Para diminuir esses ruídos na comunicação, a FenaSaúde deve adotar medidas ao longo do ano e ao longo da gestão de Solange. “Vamos promover diversas ações. Teremos uma participação intensa com a mídia. Além disso, vamos intensificar as nossas ações nas redes sociais e também iremos produzir e divulgar materiais explicativos para a população sobre os seguros. Por fim, teremos uma relação ainda mais direta com os Procons”, disse Solange, que cogita ainda promover os dias dos planos de saúde, dia do seguro geral… e muitas outras ações.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS