5 dicas de como falar sobre dinheiro com uma criança

Para fazer de alguém o futuro do mundo, é necessário educá-lo da melhor maneira possível

Por: - 4 anos atrás

Shutterstock

Desde cedo é importante reconhecer o correto valor do dinheiro. Para que a educação financeira infantil transcorra naturalmente, e de maneira eficiente, os pais podem utilizar vários recursos. Ainda na pré-escola, quando a criança está aprendendo a relação entre o seu universo e os numerais, já é possível ensinar a ela noções básicas sobre o dinheiro.

Confira abaixo cinco dicas que podem te ajudar a ensinar seu filho a lidar com dinheiro.

1. Espere as oportunidades de ensino surgirem

Crianças são curiosas por natureza, portanto, não pense que será necessário elaborar “aulas” para os seus filhos. As oportunidades aparecerão, basta reconhecê-las e saber aproveitar cada uma da melhor forma.

2. Educação financeira: ensine o valor de cada coisa

Carros custam mais dinheiro do que picolés, por exemplo. Ensine isso à criança, coloque-a a par da existência de uma escala de valores. Isso é interessante para que ela crie consciência do que é possível comprar com determinada quantidade de dinheiro.

3. Recompense a criança financeiramente pelas tarefas realizadas

Peça ajuda a seu filho na hora de arrumar a casa, delegue a ele pequenas tarefas, dê-lhe responsabilidades de acordo com sua idade e combine singelos valores como recompensa por isso.

Lembre-se de sempre usar o termo recompensa, ou seja, agradecimento. Nada de falar em pagamento. Com essa estratégia, você ensina ao pequeno que fazer as coisas com boa vontade e disposição é sempre recompensador.

4.  Ensine seu filho a administrar todo dinheiro que ganhar

Parece complicado, mas não é. Leve-o a refletir antes de gastar, lembre-o de quanto tempo foi preciso esperar para ganhar aquela quantia e incentive-o a poupar para comprar o que deseja. Além de torná-lo mais apto a administrar o próprio dinheirinho, você ajuda a formar um consumidor consciente.

5. Explique que cada moedinha vale

Torne o dinheiro algo tangível para a criança. Esse exercício serve para que ela deixe de pensar no dinheiro como algo fora da sua realidade e a ajudará a fazer contas.

Um bom exercício é ensiná-la a contar moedas. Sente-se diante dela com uma pilha de moedinhas de variados valores antes de sair de casa para tomar um sorvete, por exemplo. Incentive a pegar as moedas e totalizar o valor do sorvete. Dê uma carteirinha ou bolsa para carregar o dinheiro e, na sorveteria, deixe que ela mesma pague. Faça elogios, mostre seu apoio e incentivo durante todo o processo.

Lembre-se: você é o herói do seu filho Suas escolhas na vida financeira e a maneira com que lida com seus recursos são acompanhadas de perto por ele. Use isso a favor da educação financeira infantil, pois não existe método melhor do que o proporcionado por bons exemplos.

 

*Via GuiaBolso.