A crise apertou? Procure um emprego na China

Artigo apresenta cinco carreiras muito procuradas na China. Ou seja, cinco oportunidades de emprego para brasileiros que querem essa nova experiência

Por: - 4 anos atrás

manfeiyang

Para quem gosta de um desafio e está em busca de uma nova colocação no mercado de trabalho, fazer um intercâmbio para a China pode ser uma excelente opção! O país, que não para de crescer, mesmo tendo diminuindo o ritmo, oferece oportunidades de trabalho bem interessantes para estrangeiros. Confira a seguir os profissionais mais procurados no país:

Engenheiros especializados – você consegue imaginar quantos engenheiros são formados anualmente na China? Pois é… nem eu! Mas, mesmo com todos esses profissionais ingressando no mercado, a demanda por engenheiros no país ainda é bem alta. Isso porque, as universidades chinesas têm formado muitos profissionais, mas poucos são especializados em campos mais novos, como automotivo, petróleo e gás, energia limpa e indústria. Portanto, se você atua em alguma destas áreas não perca tempo, a remuneração e os benefícios para esses profissionais são excelentes.

Técnicos em TI – quem já visitou a China, provavelmente, teve alguma dificuldade para entender o modus operandi da internet no país, uma vez que seus sites e plataformas operam com diferentes padrões e princípios de design, muitas vezes, através de navegadores caseiros e sites estrangeiros. Por ser tão diferente da internet global, a rede chinesa pode ser facilmente associada a uma intranet gigantesca. Por conta disso, as empresas que buscam criar uma presença internacional possuem muita dificuldade em encontrar profissionais qualificados para estruturar o site de acordo com o modelo ocidental. Portanto, se você domina o inglês e tem habilidades no campo da computação, pode apostar nesse mercado. O único ponto negativo é a concorrência com os japoneses e coreanos, que dominam bem o setor.

Vendedores – outra área em expansão na China é a de vendas. Como o mercado interno é enorme e os chineses possuem um mercado financeiro limitado, muitos deles estão em busca de oportunidades de investimento mais sólidas. Então, se você estiver atuando no setor imobiliário ou de financiamento, têm facilidade com vendas e habilidades de gestão, a China pode te apresentar oportunidades fantásticas. Contudo, para essas vagas é imprescindível conhecer muito bem a cultura e o mandarim.

Professores de Inglês – certamente, essa é uma das categorias de trabalho mais estereotipadas na China, mas não deixa de ser uma oportunidade. Para muitos estrangeiros, o ensino do inglês é o primeiro trabalho encontrado no país, visto que a demanda por esse profissional é muito alta. Agora, se mais do que um job, ensinar o idioma já é sua profissão aqui no Brasil e você tem um diploma de especialização e experiência no ensino, então suas chances são melhores ainda. Escolas internacionais e de graduação pagam excelentes salários e estão sempre em busca de profissionais qualificados para ministrarem programas completos em inglês.

Profissionais de Marketing – outra forte demanda no país são profissionais com habilidades em áreas criativas, como design, marketing e conteúdo, principalmente os que já possuem experiência com e-commerce. Essa demanda é comum devido às grandes diferenças em relação aos conceitos de marketing seguidos na China e no Ocidente, já que o livre mercado éainda um conceito muito novo no país. De qualquer forma, existem dois tipos de empresas que contratam neste campo: as locais, que procuram melhorar a sua imagem e presença global, e as estrangeiras que buscam mão de obra experiente na China para ajudá-las a entrar e se adaptar ao mercado local.  Este é um grande campo se você tem interesse na cultura chinesa e fortes habilidades de pensamento crítico, uma vez que irá atuar como uma ponte entre as duas culturas. Para que esse relacionamento seja ainda mais eficiente e proveitoso, ter conhecimento de mandarim é extremamente útil.

Como você pode perceber, não faltam oportunidades para estrangeiros no país. Contudo, para aproveitar essa experiência é preciso ter dedicação e força de vontade, pois além de fazer o seu trabalho, você terá que se adaptar a uma nova cultura, trabalhar em um ritmo completamente diferente e participar de reuniões realizadas inteiramente em Chinês. Então, foco no mandarim e boa sorte!

Sumara Lorusso é formada em letras e tradução pela Unibero e tem fluência em mais de cinco idiomas, incluindo o Mandarim. É presidente da Nin Hao, escola referência no ensino do idioma, há dez anos no mercado.