Para fazer check-in, basta usar 140 caracteres e uma rede social

Inovação implantada pela GOL Linhas Aéreas permite que o cliente acesse o Twitter e faça check-in usando uma hashtag na rede social

mimagephotography/Shutterstock

É muito chato pegar filas. No aeroporto, então, é quase insuportável. A demora pode causar atrasos e muito estresse. Por isso, foram criadas ferramentas que facilitam a realização do check-in. Não é novidade, por exemplo, que algumas companhias aéreas possibilitam a efetuação desse serviço pela internet.
Através do desenvolvimento de uma plataforma que permite ativar o processo de check-in a partir da postagem de apenas uma hashtag, a GOL foi além do que tradicionalmente é oferecido. Em parceria com a agência Ampfy, criou a possibilidade de realização de check-in pelo Twitter.

Como fazer?

Os consumidores com passagens compradas na GOL só precisam seguir o perfil da empresa na rede social e tuitar a hashtag #GOLcheckin. A marca, então, iniciará um diálogo por mensagem direta, onde o consumidor enviará os dados, escolherá o assento e demais preferências do voo. No final, receberá um cartão de embarque com um QR code, contendo todas as informações do voo e que poderá ser utilizado na hora de embarcar.

O golaço da empresa

“Temos mais de 500 mil seguidores no Twitter, e uma ampla interatividade com os clientes por este canal, o que nos estimulou a criar o serviço pela plataforma. A companhia está sempre buscando inovar e trazer soluções inteligentes aos clientes. Esta novidade é mais uma opção para o cliente fazer o check-in como e onde ele quiser”, explica Lilian Santos Faria, gerente de Marketing Digital e E-commerce da GOL.

O poder da rede social

Para mostrar como o novo serviço funciona, um filme com o passo a passo do processo será divulgado em grande escala no Twitter. “As pessoas fazem de tudo pelo Twitter – leem notícias, compartilham seus momentos e interagem com as marcas que lhe interessam. A GOL está acompanhando esse comportamento, entregando um serviço que une tecnologia e praticidade a um usuário que é extremamente fiel à plataforma”, conta André Paes de Barros, CEO da Ampfy.

Tags:





Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS