Os homens estão ajudando mais na limpeza do lar?

Pesquisa aponta que eles partilham mais as tarefas de casa, mas elas ainda ficam com a maior parte . Conheça mais sobre o perfil de limpeza do brasileiro

Por: - 3 anos atrás

Dean Drobot/ Shutterstock

Quem não gosta de chegar do trabalho e encontrar uma casa limpinha, roupa lavada e cheirosa, uma pia livre de louças e (por que não?), de quebra, uma comidinha pronta? Todo mundo. Aliás, limpeza é algo que, apesar de não ser igual em todas as culturas, é valorizada em todo o mundo. Justamente por isso, as pessoas gastam um tempo considerável na árdua tarefa de manter a casa limpa. Para entender melhor o comportamento do consumidor em relação ao tema, é que a Nielsen realizou o Estudo sobre Cuidados do Lar.

A pesquisa mapeou como os brasileiros agem quando o assunto é limpeza (veja infográfico) e uma novidade interessante é que a participação masculina na limpeza do lar é a maior da região, sendo que 19% deles são responsáveis (contra 12% da região) e 22% compartilham os serviços com as mulheres. No entanto, ainda há muito mais mulheres exercendo essas tarefas. Aliás, o Brasil e a Venezuela são os países onde mais mulheres cuidam dos serviços domésticos, com 46%, três pontos acima da média regional (43%).

A ideia do estudo é fornecer material para que as empresas possam focar suas ações em prol de melhor atenderem o consumidor. Assim, avaliou também qual é a área da casa onde mais se preocupam com a limpeza (alguma dúvida? Banheiro e cozinha disparam, claro!) e outros detalhes, como quais ferramentas e produtos são os mais usados, e onde eles são comprados.

Em geral, os brasileiros preferem comprar produtos de limpeza em grandes cadeias, por encontrar os melhores preços, os produtos que desejam e em maior variedade. E, na hora de comprar, o que os consumidores mais consideram é o preço e a eficácia. O Estudo Global sobre Cuidados com o Lar foi realizado de 10 de agosto a 04 de setembro de 2015 e entrevistou mais de 30.000 consumidores online em 61 países na Ásia-Pacífico, Europa, América Latina, Oriente Médio/África e América do Norte.

Infográfico: Fernanda Pelinzon

Infográfico: Fernanda Pelinzon