Saiba quais foram as palavras mais pesquisadas em maio

Importante dicionário digital revela quais palavras o brasileiro quis saber o significado no último mês. Dica: noticiário e novela são dois grandes influenciadores de consultas

Por: - 3 anos atrás

Shutterstock

Começa uma novela nova e as pessoas correm para entender o que querem dizer os bordões dos novos personagens. O mesmo acontece quando uma notícia bomba por muitos dias na mídia, como é o caso do estupro coletivo no Rio de Janeiro ou o possível impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Pelo menos é o que informa a Priberam, dicionário digital da língua portuguesa, mantido pela empresa de mesmo nome.

Aliás, uma curiosidade: também nos acessos ao Dicionário Priberam se refletiu a transição acelerada para as plataformas móveis: as buscas de palavras por meio de smartphones subiram 46% face a 2014. Para mais dados estatísticos, visite

A Priberam apresentou as palavras mais buscadas pelos brasileiros no último mês de maio. Na lista, palavras como “saruê” e “gitana”, pouco comuns no linguajar do dia a dia do brasileiro. No entanto, elas ganharam notoriedade durante a exibição da novela Velho Chico, trama das 21h em cartaz na Rede Globo.

Para quem ficou curioso, “saruê” é um termo regional nordestino que nomeia um pequeno gambá. É também o apelido de uma das personagens na trama televisiva. Já a expressão “gitana”, palavra de origem hispânica que corresponde a “cigana” (termo mais comum no Brasil), é a forma preconceituosamente ofensiva com que a matriarca Encarnação (vivida pela atriz Selma Egrei) se refere à namorada do filho, cujos costumes não aprova.

Nas últimas semanas, aumentou também a busca pelos termos “hexacampeão”, por causa da vitória do Internacional no Campeonato Gaúcho, que lhe conferiu o título de campeão pela sétima vez consecutiva, e “estupro”, por causa da série de casos recentes de violência contra mulheres.

Outra palavra entre as mais buscadas no Brasil foi “exponencial” um termo distante do uso coloquial mas igualmente compatível com o cenário atual de crescimento da inflação, aumento do desemprego e outros fatores ligados à crise econômica.

Algumas expressões sofisticadas que estão entre as cinco mais buscadas, como “biopsicossocial”, “resiliência” e “miríade”, são consideradas destaques aparentemente aleatórios. Para eles, a Priberam não detecta justificativas muito claras, mas é possível que estejam relacionadas ao vocabulário de livros “best-sellers” ou até a outras ocorrências na TV ou no cinema.

O Dicionário Priberam teve, em 2015, mais de 25 milhões de visitantes únicos, com predominância do Brasil e de Portugal, e forte penetração em públicos de Angola, Moçambique, Timor, Macau e Guiné-Bissau, além de receber consultas de países com outros idiomas.

As 10 palavras mais consultadas em maio, no Brasil:

1. Gitana
2. Exponencial
3. Hexacampeão
4. Apitaço
5. Saruê
6. Biopsicossocial
7. Resiliência
8. Inaudível
9. Inerente
10. Estupro

Na lista da Priberam a palavra “Presidenta”, embora muito citada no noticiário, ficou em 18º lugar.