Publicidade no carro pode criar renda extra para o consumidor

Startup de São Paulo investe em conectar donos de carros e marcas; renda extra pode chegar a R$ 2 mil por mês

Por: - 3 anos atrás

Shutterstock

O Brasil tem a quarta maior frota de carros do mundo, perdendo apenas para China, Estados Unidos e Japão. Na frente da Alemanha, que ocupa o 5º lugar, o país, com 45,5 milhões de automóveis, tem um carro para cada 4,4 habitantes, enquanto nos Estados Unidos a média é de um veículo para cada 2,4 cidadãos.

E mesmo diante desses dados, o setor não pisa no freio e estima que a indústria automotiva brasileira deva chegar a cerca de 94 milhões de carros circulando pelo país em 2020 – o suficiente para ocupar uma área maior que Singapura.

Foi de olho nesse cenário que o empresário Pedro Borges resolveu empreender e lançar a Carlicity, uma startup  que conecta donos de carros e as marcas que queiram anunciar em seu veículo.

A Carlicity inicia o cadastramento gratuito dos condutores e estima registrar cerca de 500 mil pessoas até o final de 2016

Como funciona

O veículo é cadastrado e depois adesivado pela Carlicity. A remuneração será de acordo com a quilometragem percorrida. O condutor não terá nenhuma despesa. O anuncio é gratuito e os custos dos anúncios serão arcados pelos anunciantes. Baseado nos trajetos que você faz no seu dia a dia a Carlicity busca as marcas que mais se adequam e se interessam pelos caminhos que você percorre.

De acordo com a empresa, o modelo de negócio pode chegar a uma renda extra de aproximadamente R$ 2 mil por mês para o dono do veículo.

“Estamos iniciando as operações no Brasil e a médio prazo pretendemos transformar a Carlicity em uma marca global”, comenta o empreendedor, ao informar que a empresa vai disponibilizar uma tecnologia exclusiva que permitirá localizar, em tempo real, onde está a frota e quantos quilômetros estão sendo percorridos.

Mais informações em www.carlicity.com.br