Movimento nos shoppings cai quase 1,5%

Em junho, centros de compras viram o fluxo cair, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo indicador da Abrasce

O movimento de pessoas nos shoppings do País caiu 1,48% em junho, na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo indicador da Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers), em parceria com a FX Flow Intelligence, empresa especializada no monitoramento de fluxo do varejo. Os números de junho foram apresentados hoje.

“Estamos em queda e o país ainda precisa de fôlego econômico para melhorar, mas com as datas comemorativas dos próximos seis meses e as promoções previstas com o fim da coleção outono/inverno, é possível vislumbrar um cenário mais positivo”, explicou, em nota, Marcelo Tavares, CEO da FX Flow Intelligence.

Segundo a pesquisa, os shoppings da região Sul registraram o maior recuo no fluxo de pessoas, de 6,49%; seguida do Sudeste, com 3,45%. A empresa não repassou os dados das outras regiões.

No acumulado do primeiro semestre, a queda é de 4,63% em relação a 2015. Só na semana do dia dos namorados, ente 6 a 12 de junho, o recuo foi de 3,26%. Mesmo assim, já é possível identificar os primeiros sinais de melhora, a partir do aumento registrado no Nordeste, de 2,04%.






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS