Onde está o Pokémon Go? Temos algumas pistas

Investigamos o mistério do Pokémon Go no Brasil e descobrimos algumas pistas importantes e que apontam para um possível “culpado”: o McDonald’s

Por: - 3 anos atrás

Nicescene / Shutterstock.com

O mistério continua no Brasil: cadê o Pokémon Go? Algumas notícias não oficiais davam conta que o tão aguardado jogo seria lançado no último dia 21, o que não aconteceu. Agora, a expectativa é para este domingo, dia 31. Mas será mesmo?

Enquanto os brasileiros aguardam ansiosos e alimentam as redes sociais com esperanças e estranhas histórias, a Consumidor Moderno buscou o culpado pela demora. Ao que tudo indica, a demora está relacionada a uma campanha publicitária da rede de lanchonetes McDonald’s.

E por que a suspeita recai sobre os arcos dourados da rede de fast food americana? Reza a lenda que o McDonald’s no Brasil e os donos do Pokémon Go fecharam uma parceria para lançar o produto em conjunto com o McLanche Feliz do jogo. Mais do que isso, a ideia é espalhar os monstrinhos pelas lojas de todo o Brasil.

É claro que não há confirmação oficial da parceria. Mas vamos as pistas…

 

A parceria existe no Japão

No último dia 22, o Pokémon Go foi lançado no Japão em parceria com o… McDonald’s! Tanto lá como cá, fãs reclamaram do atraso, o que causou algumas indagações. Afinal, por que o jogo da japonesa Nintendo demorou a ser lançado justamente na terra natal? O motivo foi sincronizar games e as ações de marketing da rede de fast food. Hoje, a parceria já existe em outros países. Mas e quanto ao Brasil?

McDonald's Japão

McDonald’s Japão

 

 

Vazou a embalagem?

É claro que a internet foi bombardeada com notícias sobre o assunto, nenhuma delas confirmadas. Uma das mais curiosas foi o suposto vazamento de informações sobre o lançamento do Pokémon Go no Brasil e, claro, teria relação com o McDonald’s. As imagens a seguir seriam das embalagens brasileiras e foram parar em grupo de discussões –  um deles foi o Reddit. Veja:

 

Reddit

Reddit

 

Sem comentários

Por fim, o óbvio. Diversos meios de comunicações indagaram a McDonald’s no Brasil sobre o assunto e a resposta (enigmática, por sinal) foi a mesma: “Não antecipamos as nossas ações estratégias”. Estranho, muito estranho…