Quais são os aplicativos preferidos dos brasileiros?

O estudo Consumer Sides, realizado pela REDS e pelo CIP, revela quais são os aplicativos mais utilizados por cada uma das gerações no Brasil

AstroStar/Shutterstock

Em tempos de Pokemón GO, aplicativos como WhatsApp, Facebook, Snapchat e Instagram ganharam um forte concorrente. O jogo acabou de chegar ao Brasil e já fez com que os usuários fossem para as ruas caçar, talvez deixando um pouco de lado aqueles serviços que costumavam ser a paixão dos consumidores – principalmente dos mais jovens.

Não por acaso, o estudo Consumer Sides, realizado pela REDS em parceria com o Centro de Inteligência Padrão (CIP), buscou quais são os aplicativos preferidos das gerações no Brasil. Confira.

Quais são os apps mais utilizados?

 

Localização/GPS

O Google Maps é o preferido, em todas as gerações.aplicativos-localizacao

 

 

Mensagens instantâneas

De uma maneira geral, o WhatsApp é o mais utilizado. Entre os mais jovens, o crescimento do Snapchat é notável. O Skype, por sua vez, é o preferido daqueles que tem mais idade.

aplicativos-msgsinstantaneas

 

Rede social

O Facebook é a rede social preferida dos entrevistados. Porém, entre os mais velhos, o LinkedIn tem se tornado cada vez mais querido. O Instagram, por sua vez, tem maior adesão entre os mais jovens.

aplicativos-redessociais

 

Locomoção

Escolhida pela maioria das gerações, a 99 é um grande recurso porque quem precisa se movimentar pela cidade. Maria Elisa Silva, diretora de marketing, acredita que a preferência existe porque a 99 é uma startup de tecnologia e inovação brasileira, com espírito jovem. “Hoje a empresa conta com 180 funcionários, dos quais a maioria é composta por pessoas com menos de 30 anos”, conta.

aplicativos-locomocao

 






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS