Qual a média de consumo de dados do Pokémon Go?

Um levantamento produzido nos EUA mostrou alguns dados curiosos sobre o Pokémon Go. E o resultado não deixa de ser surpreendente

Shutterstock

 Muitas coisas ruins poderiam ser ditas sobre o Pokémon Go. O game, que se tornou uma febre mundial, seria um chamariz para criminosos nas ruas da cidade ou potencializaria o risco de acidentes nas ruas – de atropelamentos a acidentes de trânsito. Mas uma coisa ninguém pode falar sobre o jogo: ele não é o responsável por devorar os seus pacotes de dados da internet.

O levantamento sobre o consumo de dados do game foi feito recentemente pelo jornal americano, Wall Street Journal. De uma maneira geral, a reportagem concluiu o que usuários de smartphones experientes já sabiam: o consumo de dados é baixo.

A reportagem ouviu diversas empresas de telecomunicações norte-americanas. Uma delas foi a Verizon, que foi enfática: o jogo consome menos de 1% dos gerados nos EUA. Em outras palavras, o game não é o responsável por devorar o pacote de dados do consumidor americano.

Outro dado é ainda mais enfático. A consultoria chamada P3 communication informou que o consumo estaria entre 5 a 10 MB (Mega Bits) por hora. Na hipótese de consumo feito por sete horas por dia, durante um período de 30 dias, isso resultaria em aproximadamente dois GB de consumo.

O estudo, no entanto, mostrou que ninguém passa sete horas do dia jogando Pokémon Go. Segundo a P3, a média semanal identificado pela pesquisa chegou a meros 48 minutos por semana. É evidente que as primeiras semanas serão mais intensas para os novos jogadores brasileiro e, com certeza, esses números serão superados. Mas a verdade é que tem gente gastando dados para outros fins na internet…




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS