Deixa que eu entrego

Conheça o “Uber das entregas”, o app de economia colaborativa, que te ajuda a enviar qualquer objeto ou produto que precisar

Rostislav_Sedlacek/ Shutterstock

Você já pensou em virar um entregador nas horas vagas? Ou parar para fazer uma entrega no caminho para o trabalho? Agora você pode! O aplicativo Eu Entrego funciona como um “Uber das entregas” e permite que você entregue qualquer objeto ou produto onde desejar em qualquer lugar.

Oferece, assim, uma alternativa fácil, flexível e de baixo custo para levar ou trazer qualquer coisa, de qualquer lugar, 24h por dia. Ele parte do princípio que qualquer pessoa pode se tornar um entregador, desde um estudante que faz um trajeto a um executivo voltando para casa com o porta-malas vazio.

A empresa verifica as informações sobre os entregadores, e os melhores avaliados vão se destacando e conseguindo pegar mais serviços. “Verificamos a veracidade de informações e antecedentes dos entregadores a fim de garantir total segurança no processo de coleta e entrega de remessas”, afirma João Paulo Camargo, CEO e Co-Fundador do Eu Entrego.

De acordo com Camargo, os entregadores independentes podem ganhar até R$3.000,00 por mês com liberdade de carga horária. “Queremos apresentar uma solução para questões logísticas, fazendo com que pessoas comuns possam realizar entregas durante seu percurso normal, indo ou vindo do trabalho, faculdade, casa etc”, explica Camargo.

Esse app traz o conceito de economia colaborativa para o serviço de entregas e funciona assim: um usuário solicita uma entrega. Para isso, descreve o que deseja (não há restrição de itens), indicando o tamanho e peso da encomenda, inclusive com a opção de postar foto. Feito isso, ele define o local e data de retirada do objeto, bem como o prazo de entrega e endereço final. Por fim, indica o quanto pretende pagar por esse serviço.

O valor é cobrado no cartão de crédito pela Eu Entrego, após o serviço, e direcionado para o entregador.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS