Fluxo nos shopping centers segue em queda em agosto

Índice da Abrasce mostra que o setor de shopping centers não tem conseguido atrair frequentadores. Região Sudeste teve maior recuo

Como em outros setores da economia, o mercado varejista vem enfrentando alguns desafios neste período de instabilidade econômica. Um dos reflexos disso é o resultado do índice IVSC-Abrasce (Índice de Visitas a Shopping Centers) de agosto, que registrou queda de 1,81% no número de visitantes aos shoppings de todo o Brasil, na comparação com o mesmo mês do ano passado.

O levantamento, realizado pela Abrasce (Associação Brasileira de Shopping centers), em parceria com a FX Retail Analytics, empresa especializada no monitoramento de fluxo do varejo, mostra também que a região Sudeste do País registrou a maior queda, de 2,67%. Em seguida aparece o Sul, com recuo de 2,60% no fluxo, e o Nordeste, com leve recuo de 0,18%.

Considerando o acumulado do ano, até o momento, a queda já é de 4,18% em relação ao ano passado. Na comparação ao mês de julho, a queda foi um pouco menor, de  3,79%.

Apesar dos resultados, Marcelo Tavares, CEO da FX Retail Analytic, o varejista pode ficar um pouco mais otimista para os próximos meses. “Por mais que o fluxo de visitantes tenha caído novamente em relação ao ano anterior, percebemos que a retração vem diminuindo mês a mês, podendo assim vislumbrar um cenário mais positivo para as datas sazonais deste segundo semestre”, disse.






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS