Em 4 anos, Farmarcas chega a 500 lojas

A administradora de redes de drogarias obteve crescimento de 38% em 2015 e espera chegar a mil lojas até o fim de 2018. Conheça a estratégia

Na contramão da maior parte do varejo brasileiro, a administradora de redes de drogarias Farmarcas chega a 500 lojas em 4 anos no mercado. De acordo com o diretor geral da Farmarcas, Paulo Roberto Costa, em junho do ano passado a rede possuía 361 lojas e em um ano o crescimento registrado foi de 38%.

Mesmo diante de um cenário de crise, a rede projeta chegar a mil lojas até o final de 2018, baseado no seu modelo de gestão. Segundo Costa, para atingir esse objetivo, a administradora procura valorizar os proprietários das farmácias que já são associados à rede. “Acreditamos no potencial de empreendedorismo de nossos parceiros. A associada da drogaria Ultra Popular, Bruna Dutra, por exemplo, já possui três unidades da rede em Santa Catarina, e planeja ampliar esse número para 30 lojas em três anos”, explica. Bruna afirma que não adianta apenas um negócio vender muito. “Ele precisa ser lucrativo e foi isso que observamos”, comenta.

Para diretor operacional da Farmarcas, Ângelo Vieira, o crescimento no número de farmácias está ligado principalmente ao foco em gestão que a administradora oferece. “Também proporcionamos planejamento da marca, boas condições comerciais, suporte estratégico e analítico, além de uma equipe de marketing que desenvolve materiais publicitários para ajudar no desempenho de toda a rede, dentre outros mecanismos que o associado necessite” explica Vieira.

A administradora é uma associação criada para administrar agrupamentos farmacêuticos e redes associativas, tendo como foco a capacitação e a gestão das lojas. O que, segundo os diretores possibilita a prática de preços competitivos.

Em 2015, a administradora registrou faturamento de mais de R$ 500 milhões.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS