5 dicas para economizar de forma efetiva

Durante esse período de instabilidade econômica, muitas famílias estão reorganizando as finanças, mas como saber a forma mais correta de economizar?

Por: - 3 anos atrás

Shutterstock/Lisa S.

O Brasil está passando por uma fase de recessão. Com o aumento dos níveis de desemprego, juros e inflação é preciso fazer um certo malabarismo para conseguir manter o padrão de vida conquistado. Muitas famílias estão cortando gastos e comprando produtos mais baratos, mas mesmo assim não percebem diferença no final do mês.

De acordo com o executivo do Banco de Minas Gerais, Marcio Alaor, não basta só cortar gastos, é preciso fazer isso da forma correta. O executivo dá 5 dicas para fazer uma economia assertiva.

1. Não compre produtos de baixa qualidade
Isso faz com que a durabilidade do produto seja curta, o que fará você ter de comprar o mesmo produto outras vezes. O ideal é tentar unir as duas coisas: a qualidade e o preço acessível.

2. Antes de comprar avalie se você realmente precisa daquilo
Muitas vezes as pessoas compram coisas por impulso e depois acabam nem usando. Por isso, é importante que você pense muito bem antes de fazer qualquer aquisição pela qual possa se arrepender depois.

3. Faça manutenção
Infelizmente, existem alguns produtos que necessitam de uma atenção periódica, como o carro, por exemplo. Deixar de seguir as instruções para a manutenção do veículo pode gerar gastos muito maiores no longo prazo, portanto, siga as orientações.

4. Se precisar de financiamento, abuse no valor de entrada
Como especialista na área, Marcio Alaor indica que, em qualquer financiamento, o ideal é que o valor de entrada fique em aproximadamente 50% do valor total da operação. Consequentemente, o valor a ser pago será menor e os juros também diminuirão.

5. Não vá ao mercado muitas vezes
O ideal é que você compre tudo o que precisa para o mês em uma ou no máximo duas idas ao mercado. Quando você o frequenta excessivamente, acaba comprando coisas superficiais e, por vezes, desnecessárias. Além disso, você acaba economizando gasolina e/ou transporte.