Coco, o cachorro ostentação chinês

O cachorro exibe a sua boa vida nas redes sociais ao lado do dono, Wang Sicong, nada menos que um dos homens mais ricos da China. Mas agora o dono foi um longe demais…

Imagem ilustra matéria sobre Coco, o cão ostentação chinês

Jovens ostentadores têm em todo o lugar e na China isso não é muito diferente. Wang Sicong é filho de Wang Jianlin, presidente do Wanda Group, a maior incorporadora da China. Estima-se que a fortuna de Jianlin estaria em US$ 28,8 bilhões – o que o torna um dos homens mais ricos da Ásia.

Com tanto dinheiro, Wang curte a vida ao lado do seu inseparável Coco, um cão da raça malamute-do-Alasca. O amor é tão grande que Wang presenteou o velho amigo com nada que menos que oito dos novíssimos iPhones 7, que na China sai pela bagatela de US$ 640.

 

Weibo/ reprodução

Weibo/ reprodução

As fotos do mimo foram publicadas no Weibo, uma espécie de Twitter chinês. Nela, o polêmico, extravagante e  bad boy chinês escreveu a seguinte legenda: “Não sei o que as pessoas ficam mostrando na internet. Não há o que ver e fui forçada a tomar medidas”.

Imagem ilustra matéria sobre Coco, o cão ostentação chinês

Weibo/ reprodução

 

No entanto, a internet não gostou da ostentação e chamou Wang de “nojento”. Surgiram também comentários irônicos, tais como “o cachorro tem uma vida melhor do que de muitas pessoas” ou ainda “provavelmente, os telefones são para todas as suas namoradas”.

Vida de rei

A vida de Coco é exatamente como descrito no comentário anterior: ele realmente tem uma vida melhor do que muita gente. O cachorro tem uma conta no Weibo, que é seguido por mais de 1,9 milhão de pessoas. É nessa mídia social que o cachorro ostenta os mimos do dono.

Além do iPhone, Coco já “exibiu” no Weibo dois Apple Watch banhados a ouro e avaliados em mais de US$ 10 mil. Além disso, o animal publica com certa frequência suas viagens feitas em um jatinho particular.

 

Weibo/ reprodução

Weibo/ reprodução




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS