O Netflix sabe em qual episódio você viciou numa série

Em Narcos foi a partir do 3, em Stranger Things a partir do 2, e beijos e cachorros ajudam a fisgar a atenção

Divulgação

Mistério, primeiro beijo, crime e cachorros. Estes são alguns elementos em comum que a companhia de TV por internet Netflix descobriu entre os episódios que conquistaram de vez o vício de seus espectadores para cada série. E sim, ela sabe em que momento isso aconteceu.

Em uma nota divulgada nesta quarta (21) à imprensa, o Netflix explicou que, a partir da análise dos hábitos de seus internautas em 35 países, pode definir qual foi o capítulo que prendeu o espectador e, a partir disso, extrair os elementos que mais funcionam nas tramas. Pelo critério usado, foi definido “episódio fixador” quando, dele para frente, 70% da audiência inicial seguiu a temporada até o fim.  Mais de 30 séries oferecidas pelo site foram analisadas.

Em “Narcos”, por exemplo, isso aconteceu no terceiro episódio da primeira temporada, quando Pablo Escobar (Wagner Moura) é eleito ao Congresso em meio às tentativas dos agentes da polícia de pegá-lo. Na sucesso de suspense infanto-juvenil “Stranger Things”, o público já ficou vidrado no segundo capítulo. É nele que a segunda pessoa da pequena cidade, a jovem Barb, desaparece misteriosamente.

Se não for tensão, a chave é fofura. No drama familiar “Gilmore Girls”, o episódio divisor (o sétimo) mostra o primeiro beijo da protagonista adolescente Rory e, em “Fuller House”, nova versão do Netflix para o sitcom  dos anos 90 “Full House”, é o labrador Cosmo quem fisga a audiência quando se junta à família no episódio 4.

“Com isso, o Netflix descobriu que o comportamento do espectador e a conquista de fans é bastante universal”, disse a empresa, em sua nota. “Independente de viverem na Argentina ou no Japão, os membros não só estão sendo fisgados em episódios similares, mas também se identificam com elementos parecidos.”

Veja a lista feita pela empresa com o resultado das principais séries, e o número do episódio em que o espectador se viu sem opção senão continuar assistindo:

Divulgação

 

 






MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS Prêmio Consumidor Moderno

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS