Por que ficamos tão bravos com nossos celulares?

Por que, apesar de serem as heroínas da comunicação, as empresas de telecomunicações acabam criando uma relação insatisfatória com o cliente?

Por: - 3 anos atrás

Crédito: Fellipe Araújo

Há alguns dias, aconteceu o Encontro Especial – Era do Diálogo Teles. Durante o evento, foram discutidos problemas e soluções relacionados a atuação das empresas de telecomunicações. O fato é que, muitas vezes, é possível ter a impressão de que estamos sendo injustos com elas – afinal, é o setor que telecomunicações que possibilita toda a comunicação que nós temos, por pior que ela seja. Mas, afinal, onde nasce o problema? Por que há tantas pessoas entrando na Justiça para reclamar dessas empresas e por que os problemas não são resolvidos na comunicação com a própria em?

Cláudia Silvano, diretora da ProconsBrasil acredita que o consumidor tem um sentimento ruim em relação às teles porque não encontra efetividade na solução do conflito. “Por que o problema precisa chegar ao Procon?”, questiona. “Se a empresa amplia os índices de resolutividade, isso muda. Se não muda, é porque a entrada de reclamações continua acontecendo”.

Algumas soluções para esse tipo de problema (como a melhoria do atendimento e a atualização da Lei do SAC) foram apontados durante o evento, que teve como propósito trazer uma perspectiva positiva para o relacionamento entre empresas e consumidores. Saiba mais sobre o Encontro Especial – Era do Diálogo Teles, acompanhe por este site e confira a matéria na edição 218 da Consumidor Moderno.