Para falar com um jovem, tenha uma rede social

Estudo conduzido pela B2 aponta que as campanhas digitais são as que mais impactam os jovens. Mesmo assim, é preciso de cautela. Veja o infográfico

As marcas podem planejar inúmeras campanhas em diversos canais. Um, porém, tem destaque absoluto na vida dos jovens: as redes sociais. É o que aponta o estudo Radar Jovem, conduzido pela agência B2, que destaca os meios mais importantes para impactar as novas gerações.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

Facebook, Youtube, Snapchat, Instagram e até o WhatsApp têm mais relevância do que anúncios veiculados em jornais e revistas. A televisão, ainda relevante, também já está atrás das mídias sociais, com 32% de destaque na lembrança dos jovens.

Mesmo com a presença digital, as empresas também precisam ficar atentas: o principal drive para um Millennial compartilhar ou não o conteúdo de uma marca é a identificação com o conteúdo. Confira os principais insights sobre o assunto:

Arte: Fernanda Pelinzon /Conhecimento e Inteligência Grupo Padrão

Arte: Fernanda Pelinzon /Conhecimento e Inteligência Grupo Padrão

 

Leia também:

Infográfico: jovens, empresas e sua percepção publicitária

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS